Uma nova relação com a comida
16162
post-template-default,single,single-post,postid-16162,single-format-standard,bridge-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,no_animation_on_touch,qode-theme-ver-18.0.9,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive

Uma nova relação com a comida

Uma nova relação com a comida

Desde o início dos tempos, a alimentação não é algo que se relaciona apenas à sobrevivência: ela sempre teve relação com a cultura, com a política e até com a saúde mental. E é por isso que cada vez mais, aprofundamos nossas reflexões sobre o que comer, quando comer e de forma fazer isso. Há realmente uma forma correta para se alimentar? Um modelo?

Na reportagem Surfando no veganismo, além de falar deste novo estilo de vida, que engloba não só alimentação, mas hábitos de consumo e política, trazemos sua versão mais tecnológica e que combina com os novos tempos: qual é a relação entre o veganismo e a internet? Será que este tipo de divulgação realmente influencia pessoas?

Conversamos com personalidades veganas da web: desde o dono de um perfil famoso no Instagram até um canal no YouTube que dubla vídeos estrangeiros sobre o veganismo. A ideia é, aumentar cada vez mais o acesso à informação sobre esse movimento. É algo em comum com a SerVida. Aqui, acreditamos que divulgar conhecimentos da maneira mais didática possível é o jeito de gerar cada vez mais discussões sobre saúde e alimentação.

Na matéria O mal do frango, desmistificamos a noção muito difundida que o frango que comemos todos os dias é injetado com hormônios. Isso não quer dizer que não há nenhuma substância suspeita inoculada nestes animais. Vem com a gente descobrir qual é. E Integral? Só no rótulo é nossa maneira de dizer: questione o que você consome, investigue o que te dizem. Será que seu pãozinho integral é realmente o que parece ser?

E é por tudo isso, querido leitor, que te convidamos a adentrar a mais nova edição SerVida e experimentar cada pedacinho dela. Garantimos que vai valer a pena. Um beijo, um queijo (claro) e boa leitura!

No Comments

Post A Comment